O acompanhamento das vozes do fado tem sido um dos terrenos mais férteis para a combinação tradicional entre guitarra portuguesa e viola, apresentando neste caso Luís Guerreiro e Bernardo Saldanha, ambos com um percurso musical de referência no panorama internacional. Nesta atuação, dá-se a conhecer o trabalho realizado em redor da voz de Matilde Cid. De voz doce e melodiosa, Matilde Cid, alentejana de berço, cresceu numa família de músicos e estreou-se com o disco Puro, editado pelo Museu do Fado e lançado em Portugal, Alemanha, Suíça e Áustria. Com Luís Guerreiro – guitarra portuguesa; Bernardo Saldanha – viola; Matilde Cid – voz.